Polícia de Campinas atuou na prisão do ex-assessor Fabricio Queiroz em Atibaia

 Polícia de Campinas atuou na prisão do ex-assessor Fabricio Queiroz em Atibaia

A prisão do ex-assessor e ex-motorista do senador Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, em uma chácara na cidade de Atibaia, teve a participação de equipes da Polícia Civil de Campinas.

O mandado de prisão preventiva foi expedido pela Justiça do Rio de Janeiro por conta do desdobramento de um processo de investigação de esquema de “rachadinha” na Assembleia Legislativa do Rio.

Queiroz estava em um imóvel que é do advogado Frederick Wassef, que trabalha para a família do presidente Jair Bolsonaro. Wassef disse em ao menos duas oportunidades que não sabia onde Queiroz estava.


O detido foi levado para o Rio de Janeiro, onde passou pelo Instituto Médico Legal e depois foi encaminhado para o presídio de Benfica, onde está à disposição da Justiça.

A esposa de Queiroz, Márcia Oliveira de Aguiar, também teve a prisão decretada mas não foi localizada, portanto está sendo considerada como foragida.

As prisões foram expedidas a pedido do Ministério Público do Rio de Janeiro, já que Queiroz estaria ainda cometendo crimes e interferindo na coleta de provas.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Hopi Hari marca reabertura para 4 de junho e vende ingresso que dá teste de novo coronavirus

Outras notícias