A Polícia Civil do Paraná prendeu hoje, dia 28/10, o empresário Paulo Cupertino Matias, que estava foragido da justiça há um ano e quatro meses.

Paulo Cupertino tinha fugido de São Paulo em junho de 2019, quando matou a tiros o ator Rafael Miguel e seus pais. A cidade onde Paulo estava escondido não foi informada.

A Polícia descobriu que o empresário tinha feito na segunda-feira, dia 26/10, uma identidade com uma certidão de nascimento falsa na cidade de Jataizinho.

No Paraná, Paulo estava usando o nome de Manoel Machado da Silva. Ele matou o ator e os pais dele por não concordar com o fato da sua filha namorar com o jovem.

Paulo Cupertino estava na lista dos bandidos mais procurados pela polícia paulista. Como ele já teve envolvimento com o crime organizado, suspeitava-se que havia fugido para fora do país.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Acidente envolvendo carro e ônibus da linha 224 deixa feridos na Av. John Boyd Dunlop em Campinas