Polícia pede prisão preventiva de homem que matou a companheira e esfaqueou sogro

 Polícia pede prisão preventiva de homem que matou a companheira e esfaqueou sogro

A Polícia Civil de Serra Negra pediu à Justiça a prisão temporária de Diego Paiva, de 23 anos, suspeito de matar a facadas a companheira, uma estudante de 24 anos, na noite de sexta-feira (5), em Águas de Lindóia.


Paiva teria cometido o crime na frente do filho do casal, em um imóvel no Jardim São Francisco.

O pai de Arlete Gomes Santos, um pedreiro de 55 anos, acabou ferido ao tentar salvar a filha.

O suspeito havia fugido da cena do crime e se apresentou à Polícia Militar no sábado.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, ele foi conduzido ao Plantão da Delegacia de Serra Negra, onde prestou depoimento e foi liberado.

“A autoridade policial solicitou a prisão temporária e aguarda decisão judicial”, diz a nota.

Outras notícias