Polícia prende homem que enviava drogas pelos Correios para todo o Brasil

 Polícia prende homem que enviava drogas pelos Correios para todo o Brasil

A Polícia Civil prendeu um homem, de 25 anos, que enviava drogas para todo o país por meio de encomendas postadas nos Correios. A ação ocorreu nesta terça-feira (6), na cidade de Guarujá, no litoral sul de São Paulo.

O delito cometido pelo autor foi descoberto após apurações e atividades de inteligência, deflagradas pela 5ª Delegacia da Divisão de Investigações sobre Entorpecentes (Dise), do Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico (Denarc).

A equipe investigava o envio de drogas, especialmente sintéticas, pelos Correios da cidade litorânea, quando suspeitou do preso e passou a monitorá-lo, flagrando-o transportando e despachando caixas de papelão em agências dos Correios.


De posse da identificação do homem e do seu endereço, os agentes se deslocaram até o local e realizaram a abordagem. Dentro do imóvel, foram encontrados 23 cigarros e uma porção de maconha, uma porção de cocaína e uma balança de precisão, além de alguns tabuleiros de jogos infantis que eram utilizados para dissimular o envio dos entorpecentes nas agências.

Em outro endereço, também de responsabilidade do suspeito, os policiais civis localizaram mais 10 porções de maconha, nove comprimidos de ecstasy, além de etiquetas, envelopes, carimbo, embalagens plásticas e papéis variados.

Questionado, o investigado confessou que usava o segundo imóvel para preparar e embalar as substâncias que seriam enviadas pelos Correio aos compradores.

Toda a droga, objetos e o carro utilizado no delito foram apreendidos e exames periciais solicitados.

O homem foi preso em flagrante e levado à especializada, onde foi indiciado por tráfico de entorpecentes e permaneceu detido à disposição da Justiça.

As informações são da Secretaria Estadual de Segurança Pública
Leia também: Campinas abre hoje às 17h agendamento de vacina para maiores de 37 anos

Outras notícias

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *