A briga por causa da alta dos preços de itens básicos na cesta básica brasileira continua, e cada um empurra o problema para o outro. A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse que vai conseguir reduzir os valores.

Em alguns supermercados do país o pacote com cinco quilos de arroz já está custando cerca de 40 reais, quase 3 vezes mais que o preço normal. Produtores disseram que o preço deverá subir ainda mais nos próximos dias.

De acordo com entidades que representam supermercados, a alta absurda dos preços está acontecendo por causa da elevação do preço do dólar, a diminuição das importações e o crescimento da demanda dentro do país.

Uma das alternativas seria a retirada das tarifas de importação, dessa forma facilitaria a chegada de arroz do exterior com preço melhor e os valores cairiam rapidamente, já que os mais afetados com tudo isso, mais uma vez, são os mais pobres.

Como os mais pobres usam a maior parte do que recebem para fazer compra de alimentos, acabam sendo os mais atingidos. O governo está apostando numa “super safra” de grãos no ano que vem para que haja queda substancial nos preços.

Da Redação ODC.
Fonte: Repórter Beto Ribeiro
Leia também: Homem bêbado atropela e mata a própria esposa ao sair com carro de ré da garagem de casa