Prefeito Dário Saadi anuncia contratação de 100 guardas municipais para a cidade

 Prefeito Dário Saadi anuncia contratação de 100 guardas municipais para a cidade

Foto: PMC

O prefeito Dário Saadi anunciou a contratação de 100 guardas municipais durante a solenidade de comemoração aos 25 anos da Guarda Municipal de Campinas na manhã desta quinta-feira, dia 14 de julho, na Pedreira do Chapadão. Serão 80 homens e 20 mulheres e os novos agentes devem ser chamados nos próximos dias para dar início ao processo de contratação. A assinatura da autorização para a convocação dos guardas foi assinada por Dário durante o evento.


A cerimônia que celebrou os 25 anos da Guarda Municipal faz parte da programação dos 248 anos de Campinas.

A festa de aniversário da instituição de segurança municipal teve apresentação de tropas, desfile com bandeiras, execução do hino nacional e desfile de viaturas da GM e de outras instituições que contribuem com o trabalho da corporação, como das polícias civil, militar e federal, Defesa Civil, Setec, Emdec e SAMU.

O evento contou com a participação, além do prefeito, do Secretário de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública, Christiano Biggi, da Comandante da Guarda Municipal Maria de Lourdes Soares e de autoridades civis, militares, dos vereadores Major Jaime, Otto Alejandro e Nelson Hosrri e das deputadas estaduais Marina Helou e Letícia Aguiar e a deputada federal Kátia Sastre.

O prefeito salientou o trabalho da Guarda Municipal e agradeceu as outras forças de segurança da cidade. “Campinas é uma metrópole com quase 1,3 milhão de habitantes que enfrenta grandes desafios na segurança pública e o papel da GM tem se mostrado importante no combate à violência urbana. A contratação dos novos guardas vai reforçar ainda mais este trabalho fantástico. Quero também destacar a somatória de forças entre os agentes de segurança pública que traz muitos benefícios à população”, reconheceu o prefeito.

O secretário de Cooperação nos Assuntos e Segurança Pública, Christiano Biggi, confirmou a relevância desta integração entre a Guarda Municipal, as polícias e os setores administrativos da Prefeitura nos últimos anos. “Ninguém faz nada sozinho, por isso reitero aqui meu compromisso com a união das forças”, disse ele.

Biggi também apontou os avanços da Guarda Municipal em investimentos materiais e em recursos humanos, falou sobre as conquistas da corporação e o futuro. “ Hoje estamos aqui mais uma vez para não nos esquecermos das nossas raízes, do quanto foi difícil desbravar esse caminho para que a nossa Guarda fosse reconhecida e respeitada por toda nossa população.”, disse ele. “E agradeço a todos os guardas que pensam em inovar e melhorar a rotina de trabalho. Parabéns à nossa Guarda e aos nossos honrados e honradas Guardas que fazem a diferença em nossa cidade”, finalizou.

A Comandante Maria de Lourdes Soares é formada pela 1ª Turma da Guarda Municipal. Ela relembrou o começo da corporação e a evolução da GM como importante força de segurança pública na cidade. “Em 14 de julho de 1997 aqui, na Pedreira do Chapadão, nascia a GM de Campinas. Hoje, 25 anos depois, cá estamos novamente para celebrar uma trajetória de êxito em nosso município, trilhada com muita dedicação e comprometimento com Campinas. Servimos nossa cidade com honra e orgulho. Nestes últimos 25 anos atuamos com protagonismo em momentos críticos e festivos da cidade”, disse ela.

Homenagens

Foram prestadas homenagens a autoridades civis e militares que contribuíram com o trabalho e que ajudaram a corporação a crescer com o diploma “Amigos da Guarda”. Foram 51 pessoas agraciadas, entre elas o prefeito Dário Saadi, os delegados das polícias Federal e Civil, Comandante da Polícia Militar, Exército, além de secretários, diretores e servidores de diversos órgãos da Prefeitura.

Receberam medalhas também 25 guardas municipais pelos serviços de relevância prestados à comunidade, por arriscarem a vida na proteção de pessoas inocentes, por ocorrências de destaque e para os guardas que ajudaram a elucidar os autores do crime de latrocínio contra o GM Costa Franco.

Histórico e estrutura

A Guarda Municipal de Campinas foi criada oficialmente por lei em 6 de junho de 1991, mas foi em 14 de julho de 1997 que a primeira turma, com 190 guardas, se formou e iniciou efetivamente os trabalhos da corporação. Inicialmente, a função da Guarda Municipal era proteger bens, serviços e instalações municipais. Hoje a corporação é referência em segurança pública.

A atuação da Guarda Municipal vai desde o patrulhamento padrão, atendimento de ocorrências, operações especiais e apoio a diversas ações administrativas da Prefeitura.

A Guarda tem estreitado relações com as Polícias Militar, Civil e Federal, por meio de operações conjuntas e compartilhamento de informações.

O programa Guarda Amigo da Mulher protege as mulheres vítimas de violência doméstica e que tem medida protetiva contra o agressor. A corporação desempenhou um importante papel durante a pandemia com operações para coibir aglomerações, blitze do Toque de Recolher e Barreiras Sanitárias e na segurança no transporte das vacinas contra a covid-19 de segurança. A GM atende, em média, 3.500 ocorrências por mês.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também: Santander está no ranking das melhores instituições em negociação de ações

Outras notícias