Prefeitura de Americana consegue na Justiça liminar para manter aumento de tarifa de ônibus

 Prefeitura de Americana consegue na Justiça liminar para manter aumento de tarifa de ônibus

A prefeitura de Americana faz o possível e o impossível para manter a empresa de ônibus Sancetur operando na cidade, curiosamente empenho que o mesmo governo não teve com as antecessoras VCA e Princesa Tecelã, pelo contrário, fez tudo que estava ao seu alcance para afundar as empresas e agradar aliados políticos.

Depois da decisão da Câmara de Vereadores que derrubou o reajuste da tarifa de ônibus, de 10%, a prefeitura conseguiu junto ao Tribunal de Justiça de São Paulo uma liminar que restabeleceu o aumento, fazendo com que o valor da passagem seja mantido em R$ 4,40. Com isso, o veto da Câmara fica suspenso.

A administração municipal diz que agiu dentro da lei, já que a comissão tarifária local aprovou o reajuste com o intuito de manter o serviço com boa qualidade, uma vez que o último reajuste tinha sido concedido apenas em janeiro do ano passado. Curiosamente, a Sancetur, que opera na cidade há menos de um ano, entrou em novembro sabendo que a tarifa era R$ 4,00, mas agora justifica que houve aumento nos valores de óleo diesel e de mão-de-obra.


No passado, a mesma administração municipal já tentava colocar a Sancetur de qualquer jeito para operar na cidade, mas decisões judiciais mantiveram os serviços da Viação Princesa Tecelã. Quando a empresa começou a paralisar os serviços por falta de condições, a primeira coisa foi colocar a Sancetur nas ruas.

Da Redação ODC.

Outras notícias