Prefeitura de Campinas determina aprovação automática no EJA 1; Sindicato reclama

 Prefeitura de Campinas determina aprovação automática no EJA 1; Sindicato reclama

A Prefeitura de Campinas determinou que fosse feita a aprovação compulsória de todos os alunos que estão no EJA 1 (Educação de Jovens e Adultos) deste ano.

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais é contra a medida e diz que a progressão para o EJA 2, que equivale ao quinto ano do ensino fundamental, pois poderia desestimular os alunos a estudar.

Como o primeiro módulo é de alfabetização, os alunos poderiam ser prejudicados e não aprender a ler e a escrever como deveriam. Há a ideia de criar um grupo de acompanhamento para que haja a retomada dos estudos.


Desde o início da pandemia as aulas do EJA estão suspensas e por conta disso seria feita a progressão de todos os alunos de forma automática para a próxima etapa.

O sindicato ainda afirma que os alunos precisam ser devidamente capacitados, já que em algum momento da vida precisaram parar de estudar. “Os alunos do EJA 1 merecem mais respeito e um tratamento que realmente os ajude a serem alfabetizados”, diz uma nota do sindicato.

Da Redação ODC.
Fonte: Correio Popular
Leia também: Dois policiais militares brigam em São Paulo e um deles aponta arma para o outro; Veja vídeo

Outras notícias