Não vai ficar por isso mesmo o caso das cestas básicas distribuídas pela Prefeitura de Campinas aos alunos da rede municipal e que vieram sem os pacotes de arroz.

A empresa responsável pela distribuição deverá ser punida pela prefeitura por falta de cumprimento do contrato. Ela foi contratada no começo da pandemia para atender aos pais e alunos de baixa renda da rede.

O pior de tudo é a justificativa da empresa, que informou não ter colocado os sacos de arroz dentro da cesta pois os preços estão altos e a compra foi inviabilizada.

Para tentar repor o alimento que estava faltando, a prefeitura colocou mais um quilo de carne, meio quilo de macarrão e dois litros de suco de uva.

O valor do arroz foi descontado do que é pago para a empresa pelo fornecimento das cestas básicas. A empresa responsável pela cesta é a DZ7, que até agora não se pronunciou.

Da Redação ODC.
Fonte: CBN
Leia também: Adolescente morre eletrocutado enquanto jogava no celular conectado ao carregador