Prefeitura de Campinas vai recorrer da decisão que anulou consulta sobre escola cívico-militar no São Domingos

 Prefeitura de Campinas vai recorrer da decisão que anulou consulta sobre escola cívico-militar no São Domingos

Danilo Braga

A prefeitura de Campinas vai recorrer da decisão judicial que anulou a consulta popular sobre o aceite ou não da implantação do modelo cívico-militar na escola municipal Odila Maia Rocha Brito, no Jardim São Domingos.

Por causa da decisão, que veio da 2ª Vara da Fazenda Pública de Campinas a pedido da Promotoria de Infância e Juventude de Campinas em caráter liminar, tudo continua parado e ainda não foi definido se a escola vai ser transformada no novo formato ou não.

O Ministério da Educação informou que se o debate com a população não for realizado, Campinas vai ficar fora do programa. A população da região está bem dividida sobre o tema, já que há um temor por conta de uma possível militarização da unidade, mas por outro lado há a esperança de melhorias no ensino e na segurança.


A escola Odila Maia Rocha Brito foi escolhida por ser muito vulnerável e ter baixos índices nas avaliações de desempenho dos alunos. Se a população escolher pela transformação, a unidade vai receber investimentos de R$ 1 milhão.

Da Redação ODC.

Outras notícias