Prefeitura retira mais de 10 mil toneladas de lixo do piscinão da Avenida Norte-Sul em Campinas

 Prefeitura retira mais de 10 mil toneladas de lixo do piscinão da Avenida Norte-Sul em Campinas

Foto: PMC

Cerca de 10 mil toneladas de detritos entre lama e lodo foram retiradas do piscinão localizado na Avenida José de Souza Campos (Norte-Sul) com a Avenida Orosimbo Maia, onde desembocam o córrego Serafim (que vem da Orosimbo) e o Proença (da Norte-Sul). O trabalho de desassoreamento foi concluído no último dia 10.

Para o secretário de Serviços Públicos, Ernesto Paulella, o objetivo do desassoreamento é aumentar a capacidade de armazenamento do volume de água em períodos de chuva. “Este piscinão tem capacidade de armazenar 270 milhões de litros de água”, destaca o secretário.

O desassoreamento do piscinão, que tem cerca de 90 mil metros quadrados, é feito duas vezes por ano, no primeiro e no segundo semestre. A realização do trabalho envolve uma equipe de 12 pessoas e equipamentos como um trator de esteira e três escavadeiras hidráulicas.


O trabalho de manutenção, limpeza, desassoreamento de córregos e desobstrução de bocas de lobo é feito continuamente na cidade, durante o ano todo, pelas equipes da Secretaria de Serviços Públicos. A ação é intensificada nos períodos de chuva para evitar alagamento e transbordamento de córregos.

“Importante destacar que a população precisa se conscientizar e não jogar lixo no chão e nos córregos. O lixo descartado no chão, de qualquer volume, é prejudicial porque é levado pela água da chuva e entope as bocas de lobo, por onde deveria escoar a água, e contribui com alagamentos. Nos córregos, dificulta o fluxo do leito”, frisa Paulella.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também: Petrobras anuncia mais um aumento no preço do diesel e da gasolina

Outras notícias