Professor de karatê é acusado de abuso por aluna que foi à sua casa

 Professor de karatê é acusado de abuso por aluna que foi à sua casa

Um professor de karatê, que teve o nome preservado pelas autoridades, é acusado de estuprar uma aluna na cidade de Taboão da Serra, na Grande São Paulo.

O crime teria ocorrido na casa do acusado após ser orientada a comparecer no local para receber informações sobre a equipe da qual faz parte.

Chegando lá, as outras alunas que deveriam ter ido não compareceram. A vítima faz aulas com o professor há 3 anos e nunca percebeu nenhum comportamento duvidoso dele.


Como não desconfiou de nada, a jovem ficou no local porém o professor começou a passar as mãos nas partes íntimas dela e rasgou a sua calça, violentando-a com os dedos.

A vítima reagiu mas só conseguiu sair após o ato. Na rua ela foi amparada por amigas e ligou para o pai. Ela fez exame de corpo de delito e o caso segue sob investigação.

Da Redação ODC.

Fonte: Meio Norte

Leia também: Motéis da região de Campinas funcionam e reforçam limpeza e higienização

Outras notícias