Atrás nas pesquisas de intenção de voto, o candidato a prefeito de Campinas Rafa Zimbaldi protocolou nesta última quinta-feira, dia 19/11, uma ação contra seu adversário, Dário Saadi.

A questão é que Rafa não considera legal o uso das obras do BRT em suas propagandas eleitorais. Na ação estão sendo citados o vice de Dário, Wanderlei Almeida, o prefeito Jonas Donizette e o secretário de transportes, Carlos José Barreiro.

A ação pede o máximo de multa possível e até a cassação do registro da candidatura de Dário por condutas vedadas e abuso de poder político.

O prefeito e o secretário de transportes teriam acelerado a entrega das obras do BRT para ajudar Dario. Uma das obras foi entregue dois dias antes do primeiro turno das eleições.

A defesa de Dario disse que vai esperar o Ministério Público se pronunciar, mas o advogado disse que não viu nada grave que influencie no resultado das eleições e que considerou a ação um “ato de desespero”.

Da Redação ODC.
Fonte: CBN
Leia também: Família oferece Passat 84 para quem encontrar cachorro, mas quem localiza recusa presente