Um rapaz de 20 anos que estava desaparecido há pelo menos 12 dias foi encontrado morto dentro de um saco de lixo nas margens de uma rodovia que passa por Bertioga, no litoral paulista.

Gustavo Neves de Aguiar saiu de casa no dia 27 de agosto e disse à avó que ia cobrar uma dívida. Ele pediu 3 reais à avó para pegar uma lotação para chegar a um local onde ia fazer a cobrança de um dinheiro que lhe deviam.

A tia do jovem disse que ele nunca saiu de casa sem avisar, porém dois dias depois de ter sumido ele foi visto em uma festa chamada “pistão”, que acontece na cidade. Uma ex-namorada do jovem confirmou a informação.

O boletim de ocorrência sobre o desaparecimento foi registrado no dia 5 de setembro. O corpo já tinha sido encontrado em 31 de agosto, enrolado em um saco plástico às margens da Rio-Santos, cerca de 80 metros mata adentro. Estava sem documentos e havia perfurações no pescoço.

A família não foi avisada de imediato pois até àquele momento não havia reclamação de desaparecimento de pessoa com aquelas características. O corpo ia passar por um exame de arcada dentária e digitais para identificação, porém a família procurou o IML antes.

Houve também um contato prévio em uma funerária da região, onde uma funcionária disse que iria verificar se encontrava algo, e pouco tempo depois fez a localização do corpo. O caso continua em investigação.

Da Redação ODC.
Fonte: Repórter Beto Ribeiro.
Leia também: Campinas altera decreto e clientes podem ficar em bares e restaurantes até às 23 horas