Rede Mário Gatti abre processo seletivo para contratar 20 médicos clínicos gerais

 Rede Mário Gatti abre processo seletivo para contratar 20 médicos clínicos gerais

A Rede Mário Gatti de Urgência, Emergência e Hospitalar publicou nesta quinta-feira, 22 de julho, edital de processo seletivo para contratação emergencial de 20 médicos clínicos gerais para atuação na maioria das unidades da Rede (Hospital Mário Gatti, Samu, UPAs São José, Anchieta, Carlos Lourenço e Campo Grande).

“As contratações reforçarão o atendimento nas unidades da Rede e com isso teremos um melhor gerenciamento das escalas e também diminuição da carga de trabalho dos atuais profissionais, que vem ocorrendo em função da pandemia. O reforço trará benefício à população, com redução de tempo de espera por atendimento nas unidades”, disse o diretor de Urgência e Emergência da Rede, Steno Pieri.

As inscrições poderão ser feitas exclusivamente pela internet no site da Rede (www.hmmg.sp.gov.br/redemariogatti) de 24 a 29 de julho por meio de formulário específico. Não há cobrança de taxa de inscrição.


A carga horária será de 24 horas semanais. O salário é de R$ 5.795,60, mais pagamento de prêmio produtividade, adicional emergencial e adicional noturno. A duração do contrato de trabalho será de 12 meses. A previsão é que os profissionais iniciem o trabalho na primeira semana de setembro.

Conforme o edital, 5% das vagas serão reservadas aos candidatos portadores de deficiência, desde que não possuam limitações que impeçam o trabalho físico necessário para atendimento à pandemia de coronavírus. Também serão reservadas 20% das vagas aos candidatos que se autodeclararem negros ou pardos.

A classificação dos candidatos se dará pela somatória dos títulos apresentados. Eles serão convocados respeitando a ordem de classificação, por meio de publicação no site da Rede. No caso de empate na pontuação, serão utilizados os seguintes critérios de desempate: maior número de filhos menores de 14 anos, maior período de desemprego ou sorteio.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também: Conheça os principais vistos de residência para Portugal

Outras notícias

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *