Rede Mário Gatti vai contratar mais 108 médicos em caráter emergencial

A Rede Mário Gatti de Urgência e Emergência Hospitalar vai contratar emergencialmente, nesta sexta-feira, 108 técnicos de enfermagem para atuar nas unidades de pronto atendimento (UPAs) e no Hospital Municipal Mário Gatti.

A convocação dos profissionais, aprovados em processo seletivo realizado em novembro (edital 004/2021), está publicada no endereço http://www.hmmg.sp.gov.br/redemariogatti. A previsão é que os contratados comecem a trabalhar no dia 17.

A contratação emergencial é parte das medidas de enfrentamento ao surto de síndromes respiratórias que vem gerando alta sobrecarga assistencial nas portas de atendimento aos usuários do SUS, que procuram a Rede Mário Gatti.


Na próxima semana, a Rede publicará o edital para a contratação emergencial de médicos e enfermeiros. Serão 18 médicos para as UPAs e 10 para o Hospital Mário Gatti, com carga horária de 24 horas semanais; e 27 enfermeiros por 36 horas semanais, sendo 7 para as UPAs e 20 para o Hospital Mário Gatti. No total, serão contratados 163 profissionais da saúde.

Os técnicos de enfermagem selecionados deverão comparecer nesta sexta, na sala Rute da Coordenadoria de Recursos Humanos da Rede Mário Gatti, no 3º andar do prédio administrativo do Hospital Municipal Mário Gatti (Avenida Faria Lima 340) para reunião de preenchimento de vagas, nos horários definidos na convocação.

São 43 vagas nas UPAS e 65 no Hospital Mário Gatti. O contrato será por seis meses, prorrogável por mais seis meses, se necessário. A carga horária será de 36 horas semanais. O salário é de R$ 3.725,73, mais adicional de insalubridade e verbas variáveis como adicional noturno e hora escala.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também: Operação Tapa Buraco tem primeira etapa finalizada pela Prefeitura de Hortolândia

Outras notícias