Um estudo realizado na cidade de Campinas mostra que os números reais de contaminados pelo novo coronavirus são pelo menos 3,8x maiores do que os dados oficiais divulgados diariamente pela prefeitura.

Isso indica que pelo menos 2,2% da população já teve contato com o vírus e a maior parte dos contaminados estão na região do Campo Grande, que é a Noroeste da cidade.

Já no país os números de subnotificação chegam a até 10 vezes mais do que o número oficial. Isso indica um controle maior da doença na cidade de Campinas.

A maior parte da contaminação acontece dentro de casa, quando as pessoas saem sem necessidade e acabam contraindo o vírus e o leva para casa, contaminando outras pessoas que estão resguardadas.

Sobre os números confirmados, de um total de 27.087 estimados, 6677 são da região do Campo Grande, 6579 na Sul (Campo Belo e Sousas), 4923 na região do Ouro Verde, 5759 na Norte e 3058 na Leste, que engloba Centro e Cambuí.

Por conta disso, é reforçada a necessidade das pessoas ficarem em casa e não saírem sem necessidade para que a transmissão do vírus seja interrompida.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Polícia Militar encontra local onde ia acontecer festa rave em Jaguariúna