Sanasa diz que consumo de água aumentou em Campinas, e pode haver racionamento

 Sanasa diz que consumo de água aumentou em Campinas, e pode haver racionamento

O problema sobre a falta de água volta às páginas do noticiário com a falta de chuva na região de Campinas. Como choveu pouco no mês passado, o alerta foi ligado.

Os responsáveis pela bacia dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, do consórcio PCJ, disseram que se o ritmo de chuva continuar assim, após a quarentena poderá ser necessário medidas de restrição.

O mais curioso é que antes da quarentena, o nível dos rios da bacia estavam sendo considerados ótimos e que a água estava garantida para este ano.


Com a chegada da quarentena, mesmo com o nível baixo de chuva, houve queda no consumo, ou seja, os níveis deveriam estar pelo menos com os mesmos índices ou pouca coisa abaixo.

Agora, já fala-se novamente em estado de atenção para o nível dos rios. Em um momento onde a higiene é fundamental para evitar a proliferação do novo coronavirus, cogitar racionamento é no mínimo um absurdo.

A Sanasa divulgou que houve um aumento no consumo de água neste ano pois as pessoas estão “lavando mais as mãos”, mesmo sem consumo nos comércios.

Da Redação ODC.

Fonte: G1

Leia também: Grande maioria da população passa a usar máscara dentro dos ônibus de Campinas

Outras notícias