Senado aprova projeto que reduz juros do cartão a 30% ao ano durante pandemia

 Senado aprova projeto que reduz juros do cartão a 30% ao ano durante pandemia

O Senado Federal aprovou nesta última quinta-feira, dia 06/08, um projeto que prevê uma carga de juros de no máximo 30% ao ano para as operações com cartão de crédito.

A proposta, que também limita ao mesmo percentual os juros do cheque especial, teria validade apenas duranta a pandemia do novo coronavirus e já foi encaminhada para a apreciação da Câmara dos Deputados.

O projeto é do senador Álvaro Dias. Pela proposta, todos os bancos ficam proibidos de cobrar taxas acima dos 30% até o dia 31 de dezembro de 2020, levando em consideração o decreto de calamidade pública.


Atualmente a taxa de juros do crédito rotativo, que é aquele valor arrolado para o mês seguinte, chegou a 242% no mês de junho para os clientes regulares.

A taxa pode chegar aos 35% no caso das chamadas fintechs, que são os mais conhecidos como “bancos digitais”. O projeto inicial era de que os juros fossem de até 20%, mas foi alterado pelo senador Lasier Martins.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Mulher é presa por manter casa de prostituição com trabalho de menores de idade

Outras notícias