Servidor da prefeitura de Santa Bárbara D’Oeste é demitido após suspeita de cobrar propina de caçambeiros

 Servidor da prefeitura de Santa Bárbara D’Oeste é demitido após suspeita de cobrar propina de caçambeiros

João Carlos Nascimento – O Liberal

Um servidor da Prefeitura de Santa Bárbara D’Oeste foi demitido depois de fazer orientações a empresários de como burlar a fiscalização sobre caçambas de entulo para cancelar multas por descarte irregular dos materiais. Donaldson da Silva Cardoso disse que apenas explicava como funcionava o sistema e que não fez nenhuma orientação irregular.

Donaldson foi citado em denúncia que deu origem à CEI (Comissão Especial de Inquérito) dos Resíduos Sólidos na Câmara dos Vereadores da cidade. Um áudio de cerca de 50 minutos com Donaldson conversando com um grupo de caçambeiros foi enviado ao executivo. Nesse áudio, o servidor explica sobre as multas.

Muitos caçambeiros descartam resíduos em um terreno ao lado do estádio Décio Vitta, em Americana. Apesar de ser outra cidade, a fiscalização fica a cargo da cidade de origem do entulho. Uma empresária foi multada por causa desse descarte. Ela protocolou um recurso para tentar cancelar a multa, mas a infração foi constatada apenas após uma tentativa de extorsão do servidor.


A empresária disse que Donaldson falou durante a reunião com os caçambeiros que poderia fazer para cancelar as multas deles, mesmo ele não falando em quantias monetárias. O servidor era concursado da prefeitura há 15 anos e era chefe da coleta de resíduos sólidos há seis anos. Ele se defende e diz que não tem poder nem para multar, e tampouco para anular multas.

Da Redação ODC.

Outras notícias