Sócia de sorveteria em Campinas pede medida protetiva após caso da máscara

 Sócia de sorveteria em Campinas pede medida protetiva após caso da máscara

Uma das donas da sorveteria Colorê, localizada no Jardim Flamboyant, que foi palco de uma selvageria de um cliente na semana passada por se recusar a usar máscara de proteção, prestou depoimento nesta quinta-feira, dia 17/09.

Ela pediu uma medida protetiva à Polícia Civil pois tem receio de que o rapaz volte ao estabelecimento e faça algo ainda mais grave contra ela ou contra a sorveteria.

A comerciante estava ao lado de seu advogado e não quis falar com a imprensa. Ela confirmou todas as informações que constam na representação feita no dia anterior na delegacia.


Pollyana Reis disse ainda que não houve agressão física de nenhum dos dois lados, o que houve foram danos ao local e ameaças contra uma cliente, que está abalada.

Uma perícia deverá ser feita no estabelecimento, conforme solicitado pela Polícia Civil. Todos os objetos danificados foram mantidos nos devidos locais. O acusado Rodrigo Ferronato não quis mais falar com a imprensa.

Da Redação ODC.
Fonte: Correio Popular
Leia também: Grave acidente de trabalho mata funcionário de fábrica em Sumaré

Outras notícias