Startups trazem solução para restaurantes na retomada da economia pós-pandemia

A crise econômica gerada pela pandemia do coronavírus em diversos setores fez com que o consumidor mudasse hábitos e redesenhasse o modelo de consumo.

Quem muitas vezes priorizava a ida ao restaurante, rendeu-se ao delivery, por exemplo, e gostou.

Agora, com a imunização da população em andamento e a flexibilização do Plano São Paulo, o ritmo de retomada da economia está acelerado e tem feito com que muitos estabelecimentos comerciais busquem alternativas na tecnologia para impulsionar os negócios e atrair os tão desejados clientes para voltar aos restaurantes.


Nessa hora, as startups passaram a ser a bola da vez por trazerem soluções viáveis, econômicas e inteligentes.

É o caso do Primeira Mesa, uma startup de Marketing Digital para o segmento gastronômico que acrescenta a comodidade de fazer reservas em restaurantes e bares por meio de aplicativo ou site, sem esperar em filas e evitando aglomerações, com desconto de 50% em todos os pratos, incluindo as sobremesas.

Presente em mais de 40 cidades brasileiras, a startup se empenha em aumentar o fluxo orgânico de clientes nos estabelecimentos através de benefícios para o consumidor e para o local, que recebe o público de forma estratégica e controlada, de acordo com o que é melhor para o negócio, valendo-se de ampla divulgação do local de forma gratuita.

A sócia da startup em Campinas, Adriana Duarte, explica que após a flexibilização de horários de abertura para atendimento presencial, a procura por interessados nas soluções do Primeira Mesa aumentou 70%.

“Percebemos que os donos dos estabelecimentos estão buscando estratégias para a retomada dos negócios, pensando em como atrair clientes e gerar movimento”, explica Adriana.

Como funciona

A partir do cadastro no App ou no site, o usuário deve escolher o restaurante em que deseja fazer a reserva, a data, o horário e o número de integrantes na mesa.

Para duas pessoas, a taxa de reserva é de R$ 9,00; para quatro, R$ 14,00; e para seis integrantes, R$ 20,00.

O pagamento da taxa de reserva pode ser feito por cartão de crédito ou boleto, pelo próprio aplicativo.

O cancelamento da reserva deve ser feito com o mínimo de três horas de antecedência.

Neste caso, o valor pago gera gratuidade para uma nova reserva.

Além de não esperar em filas e almoçar ou jantar nos horários mais tranquilos, o que é bom e evita aglomerações, o usuário do Primeira Mesa aproveita o desconto de 50% oferecido pelos estabelecimentos parceiros, incluindo a sobremesa.

Para usufruir do benefício, os participantes precisam chegar ao restaurante no horário reservado.

Lembrando que o desconto vale para todos os integrantes da mesa que fazem parte da reserva.

A tolerância máxima de atraso é de 30 minutos.

O pagamento da conta é feito, pelo usuário, diretamente no restaurante.

O desconto não inclui taxa de serviço do garçom, bebidas, ações promocionais e festivais promovidos pelos estabelecimentos.

A proposta baseada em economia inteligente do Primeira Mesa tem acompanhamentos ainda mais atrativos.

“Com a startup, os restaurantes parceiros se beneficiam de um novo, moderno e estratégico canal de aquisição de clientes. Por outro lado, valorizamos a possibilidade do usuário sempre buscar restaurantes novos, contar com a avaliação de outros frequentadores e, mais importante, ter experiências gastronômicas prazerosas e seguras no cenário de pós-pandemia”, finaliza Adriana.

Outras notícias