Suspeito de roubar computadores em postos de saúde é levado de maca à delegacia

 Suspeito de roubar computadores em postos de saúde é levado de maca à delegacia

Foto: Wagner Souza / colaboração para o ODC

Mais um suspeito da quadrilha que roubava computadores dos postos de Saúde de Campinas foi preso na quinta-feira (18).

Um homem de 21 anos foi pego pela Guarda Municipal (GM) quando passava por um procedimento médico no Hospital Municipal Mário Gatti.

Ele tinha mandado de prisão temporária de 30 dias expedido pela Justiça.


Os guardas chegaram a esperar os médicos a concluírem o procedimento no suspeito e depois o levaram para o 11° Distrito Policial (DP), no Jardim Ipaussurama, onde o crime é investigado, de maca e tudo.

Com ele, sobe para oito o número de suspeitos presos envolvidos nos roubos – um é adolescente e foi apreendido.

“Este homem e o adolescente eram os cabeça da organização criminosa. Eram eles que faziam a logística do grupo, escolhiam o local, os comparsas que iriam, enfim faziam o planejamento da ação”, disse o delegado Sandro Jonasson.

Além de ao menos seis unidades de saúde em Campinas, os criminosos também assaltaram a Defensoria Pública em Limeira.

Em Campinas, a Defensoria foi invadida duas vezes em dezembro do ano passado e a polícia investiga o envolvimento dos criminosos neste caso.

O preso de hoje teve sua participação confirmada em três ações: em dois roubos de postos de saúde de Campinas, no Residencial Sírius e Jardim Santa Lúcia, e em Limeira.

Lá, a Polícia Científica confirmou a impressão digital em objetos.

Segundo Jonasson, as investigações seguem indiretamente para apurar envolvidos no aporte de informações privilegiadas nos postos de saúde.

Segundo a comandante da GM, Maria de Lourdes Soares, a prisão do suspeito se deu após a GM ser informada de que o homem passava por atendimento na unidade hospitalar.

Veja vídeo do caso

 

Leia também: Bruno Covas tem novo nódulo descoberto, agora no fígado, e volta a fazer quimioterapia

Outras notícias