Taxa de ocupação de UTIs em Campinas tem pequena queda, mas pressão segue

     Taxa de ocupação de UTIs em Campinas tem pequena queda, mas pressão segue

    Depois de uma forte pressão no sistema de saúde de Campinas por causa do aumento no número de pessoas internadas com Covid-19, houve uma pequena queda nos números nesta última terça-feira.

    A taxa de ocupação dos leitos de UTI ficou em 84,68%, ou seja dos 235 leitos de UTI que foram instalados na cidade, 199 deles estão ocupados. O Estado prometeu instalar mais 30 leitos na cidade.

    Na rede municipal de saúde estão instalados 86 leitos, sendo que 82 deles estão ocupados, indicando uma taxa de ocupação total de 95,35%.


    Já na rede estadual, que são os leitos instalados no Hospital de Clínicas da Unicamp, ainda seguem os mesmos 17 leitos, porém 3 estão livres, ou seja, 82,35% de ocupação.

    Enquanto isso na rede particular estão instalados 132 leitos de UTI, e 103 deles estão ocupados, ou seja, 78,03% de taxa de ocupação.

    Da Redação ODC.
    Fonte: G1
    Leia também: Procon de Sumaré divulga balanço de 2020; telefonia lidera

    Outras notícias