Técnicos de São José dos Campos visitam obras do BRT de Campinas

 Técnicos de São José dos Campos visitam obras do BRT de Campinas

Foto: PMC

Equipe técnica da Secretaria de Mobilidade Urbana da prefeitura de São José dos Campos esteve em Campinas conhecendo os detalhes da implantação dos corredores BRT (Bus Rapid Transit – Ônibus de Trânsito Rápido) Campo Grande, Ouro Verde e Perimetral. A equipe, liderada pelo secretário de Mobilidade Urbana do município, Paulo Roberto Guimarães Júnior, foi recebida pelo assessor executivo da Presidência da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) para Planejamento e Projetos, André Aranha Ribeiro, que representou a empresa e a Secretaria de Transportes.

A visita ocorreu nesta quinta-feira, dia 12 de agosto. Secretário e técnicos assistiram à apresentação sobre a implantação do BRT em Campinas e o atual estágio das obras. Em seguida, percorreram, junto com grupo técnico da Emdec, trecho do Corredor BRT Campo Grande, conhecendo traçado, tipo de pavimento, tecnologias empregadas e as estruturas dos terminais Mercado, Satélite Íris e Campo Grande; e das estações Rodoviária, Bonfim, Aurélia, Garcia, Londres, Roseira, Bela Aliança, Florence e Rossin.

Para André Aranha, com “tantos desafios da Mobilidade Urbana e do transporte público no País, é de grande importância a troca de experiências entre municípios”.


Paulo Guimarães, que também é o atual presidente do Fórum Nacional de Secretários de Mobilidade Urbana, avaliou a visita como “… uma sensacional troca de experiência de projetos em andamento. Mais do que compartilhar conhecimento teórico, ver na prática ajuda a consolidar conceitos que não têm em manuais”.

São José dos Campos também está com obras de modernização do transporte coletivo em andamento. No munícipio, está em construção a Linha Verde, um corredor sustentável que vai interligar as regiões Sul e Leste – as mais populosas da cidade – passando pela região central. A Linha Verde vai adotar o sistema de VLP (Veículo Leve sobre Pneus), com 12 veículos articulados 100% elétricos. A primeira etapa da construção irá ligar a região sul ao centro, em 12 km; e a expectativa é de que a operação seja iniciada até o final do ano. A segunda etapa do projeto contempla mais um corredor, ligando a região leste à região central.

BRT campineiro

Os três corredores BRT – Campo Grande, Ouro Verde e Perimetral – somam 36,6 km, ligando a região central aos distritos do Ouro Verde e do Campo Grande. No total são 36 estações, sete terminais e 18 pontes e viadutos, incluindo o primeiro viaduto estaiado de Campinas. Os investimentos foram da ordem de R$ 450 milhões.

Pelos corredores irão circular ônibus sustentáveis. O embarque e desembarque será pela esquerda e em nível. O pagamento será desembarcado. O sistema será mais seguro, rápido, eficiente e confiável.

A entrega da obra beneficia, diretamente, 450 mil pessoas.

Corredores

– Corredor BRT Campo Grande: 17,9 km de extensão; 13 pontes e viadutos; 17 estações BRT; e 3 terminais BRT.
– Corredor BRT Ouro Verde: 14,6 km de extensão; 5 pontes e viadutos; 15 estações BRT; e 4 terminais BRT.
– Corredor BRT Perimetral: 4,1 km de extensão; 4 estações BRT.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também: Rede varejista de materiais de construção inaugura loja em Sorocaba

Outras notícias

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *