Tem uma profissão? Como transformá-la em uma oportunidade de negócio?

 Tem uma profissão? Como transformá-la em uma oportunidade de negócio?

Em meio à crise econômica e incertezas sobre os rumos do país, o número de novas empresas abertas no Brasil bateu recorde histórico em julho de 2019.

Segundo o Indicador de Nascimento de Empresas da Serasa Experian, foram 281.644 novos empreendimentos abertos no período, totalizando 1,8 milhão de novas empresas no acumulado de janeiro a julho – 21,3% a mais do que os primeiros sete meses do ano anterior. Esse cenário já anuncia há anos que muitos trabalhos formais e profissões tradicionais estão com os dias contados.

Diante do quadro de incerteza e medo que assola a economia, muitas pessoas tem vivido momentos difíceis e por vezes desesperadores.


Ter apenas uma fonte de renda hoje já não é garantia de segurança.

Em virtude de todo este quadro, muitas pessoas tem tirado do papel o sonho de serem seus próprios chefes e estão se tornando donos de seus futuros. Em alguns casos tendo a segunda fonte de renda.

Tratam-se de modelos de negócios enxutos e com alta lucratividade.

Este é o caso do empresário capixaba Igor Siqueira dos Santos que está à frente de um restaurante e se sentiu motivado para além do seu negócio, investir em um modelo de negócio que acreditou, a Total Clean.

Igor gerencia as duas atividades atualmente, a de proprietário de restaurante e licenciado da marca Total Clean na cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais. “Consegui me organizar e me programar para conciliar as duas atividades”, afirma. Para ele, ter investido na Total Clean representou mais uma oportunidade de renda, de aprendizado e de networking. “Fazer parte da Total Clean me permitiu abrir outros horizontes, sair de uma zona de conforto e ampliar os leques de oportunidade, ou seja, não pretendo parar por aí!”, conta entusiasmado.

“Eu cuido da gestão e do comercial e tenho um funcionário que cuida de todo o operacional, mas a intenção é contratar mais, pois a demanda de serviço está aumentando”, pontua. Para Igor, “a dedicação a mais no trabalho que assumiu não significa cansaço, e sim, vontade de buscar novos objetivos através de um novo negócio: Posso afirmar que tive um ganho considerável na minha qualidade de vida”, garante.

Aproveitando o momento de crescimento, a Total Clean chega ao quarto ano de atividade com  23 unidades presentes em 8 estados do Brasil. “O baixo investimento vai de encontro com o momento em que vivemos no País. O modelo de negócio enxuto é um sucesso”, relatou Rodrigo Ressurreição, diretor do Grupo Total Clean.

Outras notícias