Tenente campineiro da Polícia Militar morre após receber tiro acidental em treinamento

 Tenente campineiro da Polícia Militar morre após receber tiro acidental em treinamento

Um tenente da Polícia Militar de São Paulo morreu na noite da última terça-feira, dia 01/09, depois de ter sido atingido por um tiro acidental durante um treino do Grupamento de Choque.

O caso aconteceu na escola localizado no Horto Florestal, em São Paulo. Samuel Rodrigo Rosa tinha 43 anos de idade e ele e toda sua família era de Campinas.

Não foi informado quem deu o disparo acidental durante o treino. A bala atingiu o ombro de Samuel, que foi socorrido mas acabou não resistindo aos ferimentos.


Ele estava há 19 anos na corporação e deixou a esposa, que também trabalha na polícia, e mais três filhos. Um inquérito foi instalado para investigar as circunstâncias da morte.

Na quarta-feira, dia 02/09, a Polícia Militar fez uma homenagem ao tenente no Largo do Rosário e na Lagoa do Taquaral, com viaturas paradas e as sirenes ligadas, e os policiais todos em continência.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Traficante de drogas liga para 190, diz que cansou de ser criminoso e pede para ser preso

Outras notícias