Tribunal Superior Eleitoral proíbe que eleitor vá votar sem usar máscara em novembro

 Tribunal Superior Eleitoral proíbe que eleitor vá votar sem usar máscara em novembro

Uma série de regras sanitárias foram estabelecidas pelo Tribunal Superior Eleitoral nesta última terça-feira, dia 08/09, para as eleições municipais que vão começar no dia 15 de novembro.

Entre as medidas está a obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção pelos eleitores dentro da sala de votação. O eleitor que estiver sem o acessório não poderá votar.

Com isso, os mesários poderão solicitar ao eleitor que baixe um pouco a máscara para que ele possa ser identificado com o documento pessoal. Também foi solicitado aos eleitores que levem suas próprias canetas.


Antes e depois do uso da urna o eleitor deverá fazer a higienização das mãos. Neste ano as seções vão abrir uma hora mais cedo, às 7h, exclusivamente para atendimento a pessoas com mais de 60 anos de idade. Uma hora depois, os demais eleitores já poderão votar.

Não haverá biometria neste ano e quem estiver com febre ou outros sintomas do novo coronavirus nos 14 dias anteriores à eleição, deverão justificar o voto e não vão poder entrar na sala de votação. Os mesários vão receber álcool em gel, máscaras descartáveis e “face shields”, que é aquele pedaço de plástico que vai na frente do rosto.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Homem bêbado atropela e mata a própria esposa ao sair com carro de ré da garagem de casa

Outras notícias