O badalado Café Cancún, no Galleria Shopping

 O badalado Café Cancún, no Galleria Shopping

No ano de 1995 abria as portas em Campinas, mais especificamente no Galleria Shopping, o Café Cancún. Em um mix que reunia bar, balada e restaurante, o Café Cancún começou sua trajetória um tempinho antes na capital paulista. O dono da franquia, Luiz Henrique Marcondes, contou ao jornal Gazeta Mercantil em 1999 um pouco da trajetória da sua marca.

Foto: Gazeta Mercantil

O bar chegou à Campinas em 1995 como a primeira franquia negociada. A primeira unidade abriu as portas na capital paulista em 1993. Sob o comando dos empresários Jorge Alberto Lagger, Paulo Vaqueiro, Renato Borghi e Marco Milani, o Café Cancún abriu as portas e se tornou o modelo mais rentável das franquias de Marcondes. A casa estava sempre cheia e a galera descolada da cidade sempre passava por lá.

A famosa bebida Frozen Margarita foi trazida ao Brasil pelo Café Cancún, já que era o único restaurante do país a ter a máquina específica para elaboração do drinque.


No começo da década passada houve um período em que a casa ficou fechada para reformas e reabriu em 2001 com uma grande festa, mas já não era mais a mesma coisa. Passou a investir em eventos corporativos e festas particulares. Em 2005 o Café Cancún fazia matinês para um público mais jovem e com ingressos mais baratos. Logo depois, encerrou as atividades. O Café Cancún fez parte da época em que era moda ter baladas em shoppings, moda essa que acabou na década passada.

E você, lembra-se do Café Cancún no Galleria?

Da Redação ODC.

Outras notícias