UTI pediátrica do Mário Gatti em Campinas está com grande lotação; Baixa vacinação explica

 UTI pediátrica do Mário Gatti em Campinas está com grande lotação; Baixa vacinação explica

Foto: PMC

O diretor técnico do Hospital Municipal Mário Gatti, Carlos Arca, afirmou em live nesta sexta-feira, 18 de março, que a UTI pediátrica do hospital está com ocupação acima de 90% e a enfermaria, com mais de 60%. Também destacou que a chegada do outono, quando aumenta a incidência de doenças respiratórias, é motivo de preocupação.

“A incidência de casos de covid-19 entre as crianças é pequena, mas se fosse apenas um caso, já seria ruim. A ocupação atual de leitos pediátricos ocorre por doenças típicas do outono-inverno. É preciso que elas sejam vacinadas contra a covid-19, mas também contra outras doenças, como sarampo, poliomielite, gripe”, disse.

Arca salientou que a taxa de vacinação em crianças acima de cinco anos não está baixa apenas contra a covid-19, mas também em relação a outras doenças. “Vacinar as crianças é essencial, assim como o uso de máscara, que irá protegê-las das doenças respiratórias”, afirmou.


A Rede Mário Gatti de Urgência, Emergência e Hospitalar, responsável pela gestão dos hospitais Mário Gatti, Mário Gatti-Amoreiras, Ouro Verde, as quatro unidades de pronto atendimento e o Samu, está se organizando para ampliar a oferta de leitos pediátricos e garantir atendimento às crianças com a chegada do período de sazonalidade das doenças respiratórias, que ocorre no outono.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também: Prefeito de Campinas sanciona bônus e aumento no valor do Vale Alimentação para servidores

Outras notícias