Valinhos finalmente adota racionamento de água

 Valinhos finalmente adota racionamento de água

Frente à estiagem severa que atinge Estado de São Paulo, e diante ao quadro identificado pelo Departamento de Águas e Esgotos de Valinhos (DAEV), o município passa a adotar – oficialmente – o Programa de Racionamento de Água, compreendendo os rodízios programados de abastecimento (veja os bairros abaixo), com supressão do fornecimento entre às 10 horas da manhã e 4 horas da manhã. A medida entra em vigor nesta sexta-feira, 27 de agosto de 2021.

A prefeita de Valinhos, Capitã Lucimara, explicou que o início do programa de racionamento realmente foi necessário diante à situação hídrica da cidade, que é reflexo da estiagem rigorosa que atinge o Sudeste do Brasil. “Tivemos que adotar o programa de interrupção programada do abastecimento de água para que tenhamos condições de promover o fornecimento de forma equalitária aos moradores de Valinhos, sobretudo dentro de um cenário hidrológico muito seco e no qual o recurso fica mais escasso”, falou.

Segundo o titular da autarquia, Ivair Nunes Pereira, as medidas até agora em execução não foram suficientes, diante à baixa captação e o alto consumo dos moradores. “As manobras de redirecionamento e despressurização da rede, para balanceamento hídrico do sistema em tempo real, não foram suficientes. Desta forma, a partir de sexta-feira, 27 de agosto de 2021, o rodízio passa a funcionar a partir de esquema operacionalizado e que contempla a supressão do abastecimento aos bairros durante um período de 18 horas consecutivas, em dois dias da semana para cada área”, explicou o titular do DAEV.


Para equidade de fornecimento, a cidade foi dividida em quatro regiões, que ficam sem o abastecimento entre às 10 horas da manhã às 4 horas da manhã, dois dias na semana. As unidades de saúde e educação terão suporte de abastecimento com caminhão-pipa.

A partir da adoção do rodízio, o objetivo é propiciar a recuperação satisfatória dos reservatórios de água do DAEV, para pressurização da rede de abastecimento e distribuição do recurso aos imóveis. Com a normalização dos níveis, a pressão de distribuição do recurso aos imóveis fica mais próxima do estável no decorrer do dia.

Outras notícias

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *