Veterinária é agredida pelo companheiro, ele é preso, paga fiança e sai da cadeia

 Veterinária é agredida pelo companheiro, ele é preso, paga fiança e sai da cadeia

Uma médica veterinária da cidade de Socorro foi agredida pelo seu companheiro, que é empresário e professor de jiu-jitsu. A denúncia foi feita nesta última terça-feira, dia 08/12.

“Daí, você começa a se relacionar com um homem que já tem um histórico de ser agressivo no passado. E aí você leva só um tapa uma vez, mas acha que vai passar porque um tapinha não é nada. E olha como eu tô hoje.”, disse a vítima.

A vítima ficou com os dois olhos inchados e com uma das pernas imobilizadas. Ela faz um alerta nas redes sociais: “Então, minha amiga, se você sofre um abuso no seu relacionamento, não se cale. Vai por mim. Denuncia.”.


O agressor recebeu a visita da polícia e disse que também foi agredido. Ele acabou sendo preso em flagrante com base na Lei Maria da Penha, mas saiu pela porta da frente da delegacia ao pagar uma fiança de R$ 1050,00.

Agora, o agressor está solto e a vítima corre risco de ser novamente agredida. “Não deveria ser permitido o pagamento de fiança porque, justamente, o que se espera desse tipo de crime é que o agressor fique longe da vítima.”, disse a advogada e fundadora do Coletivo Mulheres Pela Justiça, Thais Cremasco.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Mundo Animal inaugura primeira unidade em Campinas

Outras notícias