Vigilância Sanitária fiscalizou 45 estabelecimentos no último final de semana em Campinas

 Vigilância Sanitária fiscalizou 45 estabelecimentos no último final de semana em Campinas

Foto: PMC

Entre os dias 27 e 28 de agosto (sexta-feira e sábado), 45 estabelecimentos comerciais foram vistoriados pela Vigilância Sanitária de Campinas, Guarda Municipal e Secretaria do Estado da Saúde. As ações de fiscalização ocorrem durante a Fase de Transição do Plano São Paulo e, dessa vez, abrangeram os bairros Parque Jambeiro, Jardim das Oliveiras, Vila Marieta, Parque Prado, Jardim Campos Elíseos e Jardim Londres. O objetivo foi verificar o cumprimento das medidas sanitárias obrigatórias previstas nos decretos municipais.

Nas ações foram fiscalizadas farmácias, bares, lanchonetes, padarias, cabeleireiros, restaurantes, barbearias, sorveterias, escola de dança, casa de ração, açougue e minimercado. Não foram constatadas irregularidades e todos os responsáveis foram orientados.

Na última semana, entre os dias 23 e 27 de agosto, a equipe de Vigilância Sanitária realizou inspeções sanitárias para atendimento de denúncias via portal 156, além de outras demandas para avaliação de medidas de prevenção à Covid-19. Foram realizadas fiscalizações em academias, clínicas médicas, de fisioterapia, escola e instituição de longa permanência de idosos (ILPI). As ações ocorreram nos bairros Vila Marieta, Centro, Chácara Primavera, Bonfim e Chácara Santa Letícia (região do Ouro Verde) e São Bernardo.


Foram autuadas duas academias da Vila Marieta por falta licença de funcionamento; uma clínica de fisioterapia do Bonfim, por aglomeração nas salas de atendimento e uso de máscaras de tecido por profissionais; e uma clínica médica da região do Ouro Verde, por falta de licença de funcionamento e ausência de EPIs adequados para os funcionários que faziam coleta para exame de Covid-19.

Uma escola na região Leste também foi autuada por ausência de licença de funcionamento, além de uma ILPI da região do São Bernardo, após constatação de que uma funcionária estava trabalhando no local sem o uso de máscara de proteção facial. Durante as ações também foram reforçadas as orientações a respeito da adesão à vacinação contra a Covid- 19.

A flexibilização das medidas de controle e prevenção da Covid 19 reforçam a importância do papel da população no sentido de contribuir com os cuidados: uso de máscara, distanciamento entre as pessoas e cuidados com a higienização das mãos. As denúncias de irregularidades podem ser realizadas através dos canais de atendimento: Portal 156 (via telefone ou via online, pelo site cidadao.campinas.sp.gov.br) e pelo telefone 0800-771-3541, do sistema Estadual.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também: Já está em operação a faixa exclusiva de transportes na Rua General Osório em Campinas

Outras notícias

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *