Vigilante mata mulher com soco no rosto e depois se joga do 7º andar de edifício

 Vigilante mata mulher com soco no rosto e depois se joga do 7º andar de edifício

Um vigilante de 36 anos de idade esbofeteou e matou sua vizinha, de 32 anos, na cidade de São Vicente. Após o crime, ele cometeu suicídio.

De acordo com informações e imagens de câmeras de segurança, Washington Andrade de Jesus, após cometer o crime contra Aline dos Santos Viana, botou fogo no apartamento e se jogou do sétimo andar do prédio.

Os dois moravam no mesmo andar porém se conheciam apenas de vista. Pelas câmeras, ambos desceram juntos pelo elevador e no estacionamento ele começou a rondar a vítima, dando um soco na cara dela logo depois.


Com a força do soco, Aline desmaia e Washington a arrasta desacordada. Ela foi encontrada morta na escadaria do prédio e não se sabe se houve crime sexual.

De acordo com parentes, Washington já tinha histórico de vício em drogas. O marido de Aline achou estranho que a esposa não tinha chegado ao trabalho, pois foi comunicado pela patroa dela, ainda pela manhã. O síndico do prédio achou estranho e orientou-o a procurá-la pela escadaria, quando a encontrou já sem vida perto do térreo.

A polícia foi chamada e passaram a seguir as pegadas de sangue, que deu na casa do vizinho da vítima. Ele foi questionado e respondeu com coisas desconexas. Logo depois começou a sair fumaça do apartamento onde morava e ouviu-se um barulho.

Washington tinha se jogado do sétimo andar e morreu na hora. Conhecidos dele disseram que não sabiam de nenhum suposto vínculo dele com Aline, que deixou o marido e duas filhas, uma delas de 7 meses.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Outro bingo é fechado em Campinas; tinha até senhora com andador no local

Outras notícias