Advogado protocola pedido de Comissão Processante contra o prefeito de Campinas por mortes nas chuvas

·

·

·

Tags:

O advogado Claudio Nava protocolou na última sexta-feira (27/02) um pedido de CP (Comissão Processante) que pode resultar na cassação do prefeito de Campinas Dário Saadi. Ele quer quer que os parlamentares investiguem infração político-administração e omissão do chefe do Executivo em decorrência das mortes por queda de árvores nos parques da cidade – em dezembro um homem, de 37 anos, morreu após uma figueira branca do Bosque dos Jequitibás atingir seu carro e, na semana passada, uma criança de 7 anos foi a óbito quando foi atingida por um eucalipto da Lagoa do Taquaral.

O pedido vai ser lido e apreciada nesta quarta-feira (01/02). A tendência, porém, é que a proposta seja rejeitada pela base governista, já que o prefeito tem maioria na Casa de Leis.

O caso está sendo investigado pelo Ministério Público.

Outro lado

Em nota, a assessoria da Prefeitura de Campinas informou que vem tomando todas as medidas necessárias em relação às fortes chuvas que atingem a cidade desde dezembro. “O prefeito Dário Saadi já decretou situação de emergência, determinou o fechamento de todos os parques e praças de esportes da cidade, lançou campanhas de arrecadação de alimentos, roupas, eletrodomésticos, entre outros itens, para famílias atingidas e iniciou as providências para reconstrução de pontes, muros de contenção e outras obras. Desde o início dos problemas causados pelas chuvas, a Administração Municipal se posicionou prontamente, convocando entrevistas coletivas para prestar esclarecimentos e anunciar medidas de emergência. E continua à disposição para prestar todos os esclarecimentos.”

As informações são do Blog da Rose.
Leia também: Como é o processo de aquisição de bolsas de estudos nos EUA?