Briga entre reitor da Unicamp e dono da Havan vai parar na Justiça

 Briga entre reitor da Unicamp e dono da Havan vai parar na Justiça

Uma briga entre o reitor da Unicamp, Marcelo Knobel, e o dono da rede de lojas Havan, Luciano Hang, foi parar na justiça e acabou na condenação do empresário.

Tudo começou em 24 de julho do ano passado, quando o empresário colocou no Twitter uma informação falsa sobre o reitor da universidade de Campinas.

Na ocasião Luciano postou: “Unicamp final ano passado amigo meu acaba de contar foi formatura sobrinho no final o Reitor grita : “Viva la Revolução “ e depois dizem que nossas universidades não estão contaminadas? Vá pra Venezuela Reitor FDP.”


O problema é que Knobel nunca disse isso, e ainda acabou sendo insultado. A Unicamp e o reitor moveram a ação contra o empresário por danos morais e pedindo a proibição de postagens com qualquer menção à universidade.

O caso citado por Luciano teria acontecido em uma colação de grau do curso de engenharia da computação, mas de acordo com testemunhas, o grito teria partido de um integrante da mesa de autoridades, e não do reitor.

O grito, ainda, não teria sido de “Viva La Revolución”, e sim “Viva a Resistência”. Dessa forma, a Justiça condenou o empresário a indenizar o reitor em R$ 20,9 mil e negou indenização à Unicamp. Luciano também terá que se retratar.

Luciano Hang, através do escritório de advocacia que lhe defende, disse que apenas exerceu seu direito de expressão e que vai recorrer da decisão.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Campinas registra aumento no número de casos de abuso sexual contra crianças e adolescentes

Outras notícias