Campina Grande e São Luiz ganham ciclovia interligada ao BRT Campo Grande em Campinas

Publicado em:

A região do Jardim Campina Grande e do Residencial São Luiz, no distrito do Campo Grande em Campinas, ganhou uma rota cicloviária até o Terminal BRT, totalizando quase 3km de via.

De acordo com informações da prefeitura, agora os moradores dos dois bairros poderão ir de bicicleta até o terminal do BRT e de lá pegar o ônibus para o Centro.

É importante lembrar que os dois bairros já dispõem de duas linhas de ônibus para fazer essa ligação, porém a ciclovia tem como objetivo estimular a “mobilidade ativa”.

A infraestrutura cicloviária Campina Grande / São Luiz possui 2,95 km. Ela começa no entroncamento dos dois bairros e segue como ciclovia pela Estrada Municipal CAM 268. No local foi construída uma infraestrutura de pavimento, antes inexistente. Com isso, ela interliga os dois bairros à rua Juvenal Fernandes, na região do Parque Floresta.

A nova rota cicloviária proporciona a continuidade para o sistema cicloviário existente no Parque Floresta; Itajaí (Praça João Amazonas) até o Terminal Itajaí; e Praça da Concórdia. Após a Praça da Concórdia, segue em calçada compartilhada até o antigo Terminal Campo Grande. A partir deste ponto, segue como ciclovia, no canteiro central, até o Terminal BRT Campo Grande.

Com mais essa entrega, Campinas quase atinge 113 km de rotas cicloviárias (ciclovias, ciclofaixas, ciclorrotas e calçadas compartilhadas). São 112,97 km. Na gestão Dário Saadi já são 46,49 km de trajetos para ciclistas.

Neste ano (2024), com a Campina Grande / São Luiz, já são seis ciclovias concluídas. As outras cinco foram: Florence II – Pirelli (1 km), no dia 15 maio; Garcia – Aurélia (1,7 km), no dia 22 maio; Vila União (3,4 km), no dia 28 maio; Garcia – Londres (1,84 km), no dia 26 de junho; e no dia 28 de junho a Campos Sales (0,7 km), dentro do projeto de revitalização da via.

Na entrega, além de grupo de moradores, o prefeito Dário estava acompanhado pelo presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), Vinicius Riverete; e pelo secretário de Transportes, Fernando de Caires.

O investimento total na obra foi R$ 2.134.137,06.

Da Redação ODC.
Leia também:
Ceprocamp vai abrir vagas para curso gratuito de inglês para atendimento

Busque

Linhas de Campinas

Linhas de Paulínia

Linhas de Hortolândia

Linhas de Sumaré