Campinas inicia celebrações do “Mês da Primeira Infância”


O “Mês da Primeira Infância” foi aberto nesta sexta-feira, 4 de agosto, em evento no Salão Vermelho do Paço Municipal de Campinas. Agosto é o mês mundial e nacional da Primeira Infância. O prefeito Dário Saadi participou da cerimônia que teve a presença de crianças, suas famílias, além de representantes de serviços que atendem a faixa etária no município. O circo “Além da Lona” se apresentou no início da festividade com palhaços, perna de pau e dançarinos, e foi realizado o sorteio dos 24 meninos e meninas, entre 4 e 12 anos, que farão parte do Comitê das Crianças.

Segundo o prefeito Dário Saadi, a atenção à primeira infância é fundamental. Ele destacou programas municipais voltados para a área como a construção das novas 16 creches e a inauguração do Hospital Mário Gattinho. “O compromisso com a criança é o compromisso com o futuro da cidade. Não é somente na questão da educação infantil e da atenção hospitalar, mas também na concepção da cidade, de pensar em uma cidade amigável para a primeira infância e para todas as idades. Precisamos ouvir as crianças porque o adulto tem a visão da cidade feita para os adultos e as crianças podem trazer esses aspectos que não conseguimos mais ver. Elas dão opiniões sobre deixar a cidade mais colorida, mais alegre, sobre mobiliário urbano”, contou.

Para o coordenador geral do PIC, Thiago Ferrari, o evento desta sexta-feira foi um ato simbólico que mostra a importância da primeira infância para o município. Ele destacou os programas municipais na área da Saúde, da Educação e da Assistência Social, como o Renda Cidadã.

“O melhor investimento de política pública que se pode fazer para que se possa ter um desenvolvimento de uma economia sustentável e quebrar o ciclo da pobreza é na primeira infância. É na primeira infância que vamos mudar a história de toda uma família”, ressaltou Ferrari, abordando os programas municipais como o Renda Campinas que auxilia famílias com crianças de 0 a 6 anos.

Ferrari destacou também a relevância da construção dos novos equipamentos de educação. A afirmação foi reforçada pelo secretário municipal de Educação, José Tadeu Jorge. “A educação infantil e a primeira infância são o alicerce, sendo nessa faixa etária que se constrói as bases da aprendizagem para o resto da vida. É por essa razão que o nosso esforço é trazer todas as crianças para a escola”, afirmou o secretário.

Este ano, o Comitê Intersetorial do Plano Primeira Infância Campineira (PIC) abriu as atividades do mês com o sorteio de 24 meninos e meninas, entre 4 e 12 anos, que farão parte do Comitê das Crianças. As 100 crianças inscritas receberão um diploma de colaborador e conselheiro do PIC.

No evento também foram reforçadas as ações de desenvolvimento de políticas públicas, programas e projetos que garantam os direitos das crianças nesta fase da vida, da gestação até os 6 anos de idade.

Crianças pensam a cidade

Caio, de 9 anos, presente no evento com o pai, Guilherme da Rosa Oliveira, e o irmão Gael, de 5 anos, disse que o mais importante para as crianças é terem acesso à educação e moradia. Se fosse prefeito, diz, “construiria uma casa para todo mundo, mais parquinhos e mais escolas”, afirmou. O pai, Guilherme, contou que a iniciativa do PIC é muito importante por valorizar as crianças e suas opiniões.

Sara, de 11 anos, e a prima, Manuela, de 7 anos, também estavam animadas para participar do PIC. Elas vieram acompanhadas das mães, as irmãs, Raquel Nascimento dos Santos e Jemina Nascimento dos Santos. “Acho muito legal esse projeto porque eles buscam a opinião das crianças”, disse Sara. Já Manuela falou que gosta de dar opinião “mais ou menos”, mas que construiria mais parques de diversão na cidade. Segundo a mãe, Raquel, o assunto políticas públicas é parte do dia a dia da vida da família, uma vez que já integra um conselho municipal. “Converso com ela sobre isso e ela se interessou em participar. É importante, o futuro elas é que vão construir”, completou.

Sobre o Comitê das Crianças

Criado pelo decreto municipal nº 22.843, o comitê permite à administração municipal incorporar as opiniões das crianças no desenvolvimento de projetos na cidade, funcionando como um canal direto para escutar suas demandas e sugestões para os diversos setores da prefeitura.

Outra ação importante é a lei federal Lei 14.617 que institucionaliza a realização de ações integradas nas três esferas de governo com o intuito de promover atendimento integral e multiprofissional à criança e à sua família, especialmente nos primeiros mil dias de vida, respeitando a diversidade das infâncias brasileiras.

Ações em agosto

Há uma série de atividades programadas pelo comitê do PIC como a semana de amamentação, entrega do Selo Empresa Amiga da Primeira Infância, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação, e a formação do Comitê das Crianças com o sorteio dos representantes, entre outras.

Para encerrar as atividades ocorre o 3º Seminário Municipal da Primeira Infância, que será realizado em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).

O evento também teve a presença dos vereadores Luiz Rossini e Carlinhos Camelô; do secretário municipal de Gestão e Controle, Alberto Alves da Fonseca; de Jeanne Rodrigues, representante do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA); da diretora do Departamento de Saúde, Mônica Macedo Nunes; e da pediatra Maria Angélica Nucci Pereira, da Unidade Pediátrica Mário Gattinho.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também: Emdec faz operação contra motos com escapamentos furados e muito barulhentos

Conteúdo relacionado

Busque

Linhas de Campinas

Linhas de Paulínia

Linhas de Hortolândia

Linhas de Sumaré