Campinas inicia vacinação contra Covid com dose da vacina Pfizer bivalente para idosos e imunossuprimidos

·

·

·

Tags:

A Secretaria Municipal de Saúde de Campinas iniciou nesta segunda-feira, 27 de fevereiro, a vacinação contra covid com a dose da vacina Pfizer bivalente. Serão vacinados os idosos maiores de 70 anos, moradores e trabalhadores de Instituições de Longa Permanência (ILP), pessoas imunocomprometidas, indígenas, populações ribeirinhas e quilombolas. Todos fazem parte do público-alvo determinado pelo Ministério da Saúde para esta fase inicial.

Para receber o reforço, é obrigatório ter tomado as duas primeiras doses da vacina sendo a última há, no mínimo, quatro meses. A vacina está disponível nos 66 Centros de Saúde da cidade.

As vacinas Pfizer bivalentes contam com cepas atuais contra o coronavírus, incluindo a proteção contra a variante Ômicron.

A coordenadora do Programa Imunização de Campinas, Chaúla Vizelli, explica que, além do reforço da bivalente, é importante também que os demais públicos iniciem ou completem o esquema vacinal com as doses convencionais. “Ainda há muitas pessoas que não completaram o esquema vacinal com a terceira ou a quarta dose, principalmente o público mais jovem e as crianças. É muito importante que esse público procure os Centros de Saúde e atualize a vacinação”, alerta Chaúla.

Para ser vacinada, a pessoa deve apresentar documento com foto, a carteira de vacinação (se tiver) e a comprovação médica da imunossupressão nos casos específicos.

As doses estão disponíveis em 66 unidades básicas de saúde da cidade e não é preciso agendamento.

Os horários das salas de vacina dos Centros de Saúde podem ser encontrados no vacina.campinas.sp.gov.br.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também:
Brasil segue com alta taxa de endividamento e inadimplência