Campinas lança mais uma edição do Fevereiro Violeta, pela erradicação do analfabetismo na cidade

·

·

·

Tags:

A 10ª edição da Campanha Fevereiro Violeta foi lançada na tarde desta quarta-feira, 1º de fevereiro, pelo prefeito Dário Saadi, realizada pela Fumec (Fundação Municipal de Desenvolvimento Comunitário). O desafio de Campinas é erradicar o analfabetismo na cidade.

Atualmente, a cidade tem 15,1 mil pessoas que são consideradas analfabetas absolutas, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Esse número representa 1,72% da população. Na última década, aumentou em 20,5% o número de matrículas na Educação de Jovens e Adultos (EJA).

“Ainda temos uma parcela da população que está fora da escola. Temos muitos atrativos e estrutura para atender a todos”, disse o prefeito. A Educação de Jovens e Adultos da Rede Municipal é destinada àqueles com idade a partir de 15 anos, que não conseguiram fazer o Ensino Fundamental no tempo oportuno.

Um dos destaques das ações da Campanha Fevereiro Violeta é a busca ativa por esses futuros alunos e, durante este mês, estandes serão colocados na região central da cidade para fazer a divulgação da EJA e fornecer o cadastro para quem se interessar a voltar aos estudos.

No próximo dia 26 será realizada a 5ª Caminhada pela Erradicação do Analfabetismo em Campinas, a partir das 9h, na praça Arautos da Paz.

Escolas

Há escolas espalhadas por toda a cidade. O aluno recebe material didático, uniforme, alimentação escolar e vale-transporte (para aqueles que moram ou trabalham a mais de dois quilômetros da escola). “Pedimos a colaboração de toda a sociedade para que nos ajude nessa campanha”, disse o coordenador do Programa de EJA da Fumec, José Batista de Carvalho Filho.

Em 2013, quando foi lançada a primeira edição da campanha Fevereiro Violeta, a Fumec recebeu 2.546 matrículas. No ano passado, esse número saltou para 3.066.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também:
Dia Mundial do Câncer alerta para cuidados e prevenção