Em menos de 12 horas, três ônibus do Gargantilha atolam no bairro abandonado

·

·

·

Tags:

Três ônibus da VB 3 atolaram nas últimas 12 horas em ruas do bairro Gargantilha, no limite entre Campinas e Jaguariúna. Os problemas foram causados, como sempre, pela falta de ação do poder público em resolver as ruas de terra e barro que compõem a região.

Os dois primeiros casos aconteceram no final da tarde desta quinta-feira, após a forte chuva que atingiu a região. Os veículos das linhas 350 e 358 atolaram nas ruas próximas ao novo centro de saúde do bairro Monte Belo, que, pelo jeito, foi inaugurado sem que a prefeitura desse ‘um tapa’ nas ruas ao redor.

A empresa precisou contratar tratores de moradores dos sítios próximos para conseguir desatolar os carros, que foram limpos.

Porém, na manhã desta sexta-feira, mais um atolou, também na mesma região. Só que, desta vez, a situação foi mais grave. Não que algum passageiro ou o motorista tenham ficado feridos, mas o buraco que se formou era tão profundo que quebrou o parachoque dianteiro do coletivo.

A prefeitura está pavimentando o acesso ao Recanto dos Dourados, a avenida Walter Franco de Lima, porém em um ponto que só dá acesso a chácaras de vereadores, segundo os moradores do bairro.

Com relação às ruas internas do bairro, a administração disse que quem vive lá nunca quis asfalto, que nem poderia ser colocado por ser uma Área de Proteção Ambiental.

Bloquetes ecológicos, como os que foram colocados na Estrada da Coudelaria, entre Campinas e Valinhos, foram apontados como solução. Só que, como sempre, nada saiu do papel.

Enquanto isso, os moradores que dependem do transporte público sofrem com a situação.