Emdec adota faixa reversível na Rua Coronel Quirino quando chover muito forte, evitando entorno do Bosque

·

·

·

Tags:

Com o intuito de resguardar a segurança dos condutores na região do Bosque em períodos chuvosos, a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) está adotando uma operação de faixa reversível em trecho da Rua Coronel Quirino, nesta terça-feira, 3 de janeiro. A Rua General Marcondes Salgado está bloqueada para circulação.

“Até a conclusão dos estudos técnicos realizados pela Prefeitura de Campinas sobre a situação das árvores na região, a operação será adotada pela Emdec para preservar a segurança viária durante os momentos de chuvas intensas”, explica o presidente da Emdec, Vinicius Riverete. A operação já vinha sendo realizada pela Emdec em situações de alagamento na região.

O contrafluxo está sendo adotado na faixa esquerda da Rua Coronel Quirino, no trecho entre a Avenida Dr. Moraes Salles e a Rua General Marcondes Salgado. Os motoristas que vêm da Avenida Waldemar Paschoal (sentido Bosque) devem permanecer à esquerda da via e seguir pelo contrafluxo da Coronel Quirino.

Os Agentes da Mobilidade Urbana atuam na sinalização, operação e orientação dos motoristas, garantindo a segurança e fluidez do tráfego.

Histórico

A operação de faixa reversível na Rua Coronel Quirino começou a ser adotada pela Emdec, de forma experimental, no início de 2022. O objetivo era ampliar a fluidez viária em pontos que registram, diariamente, alto fluxo de veículos e lentidões de tráfego nos horários de pico.

O que é uma faixa reversível?

Consiste na inversão do sentido de circulação de faixas de rolamento para atender o sentido de maior demanda de tráfego, ampliando a fluidez viária. A medida de engenharia de tráfego busca aumentar a capacidade de fluxo das vias e é adotada geralmente em situações de grande fluxo de veículos, obras ou situações emergenciais, tais como alagamentos e acidentes.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também:
Viagens de ônibus no Brasil: opção confortável e econômica para conhecer o país