Homem conta que filho se aproximou de menino encontrado dentro de barril

     Homem conta que filho se aproximou de menino encontrado dentro de barril

    Imagem cedida: Renato Siqueira Santos

    *Por Luis Eduardo Reis, colaboração para o ODC

    Entre a transferência para o Hospital Mário Gatti e a alta médica, o menino resgatado dentro de um barril no Jardim Itatiaia no último sábado (30) permaneceu por uma noite no hospital.

    Mas o tempo foi suficiente para criar laços com outra criança que recebia atendimento médico.


    O ajudante de pedreiro Renato Siqueira Santos, pai do garoto, contou ao ODC que viu a criança chegar ao hospital.

    Ele estava na unidade de saúde acompanhando o filho, que estava internado com um problema respiratório.

    “Ele estava sem camisa. Doei uma pra ele, e foi instantâneo: logo ele grudou no meu menino”, afirma.

    De acordo com o pai, os dois passaram a noite toda juntos e assim permaneceram até a alta da vítima.

    “Eles brincaram, estava bem próximos, foi aí que tirei a foto”, lembrou.

    Foto: Wagner Souza/colaboração para o ODC

    Despedida com emoção

    Antes de ser liberado, o menino de 11 anos abraçou o amiguinho e deu pra ele um tratorzinho de brinquedo.

    “É pra você lembrar de mim”, contou Renato.

    “Meu filho, como recompensa, deu um boneco do Huck, e disse ‘esse é pra você lembrar de mim'”, relatou.

    Em seguida o garoto foi levado para o abrigo onde deve permanecer até decisão da Justiça.

    A imagem emociona e trás esperança.

    É a primeira vez que o menino faz contato com outra criança desde que foi resgatado pelos policias na tarde de sábado.

    Ele era mantido preso dentro de um tonel de metal, com braços e pernas amarrados, num espaço apertado na laje de casa.

    Sem comer há dias, apresentava sinais claros de desnutrição e queimaduras pelo corpo

    Outras notícias