Justiça proíbe fechamento de terminais em Campinas

·

·

·

Tags:

A Justiça de Campinas determinou a proibição do fechamento de terminais urbanos, sob pena de multa de R$ 10 mil por hora, para cada terminal impactado, no caso de descumprimento.  

A ação judicial foi impetrada pela Emdec após as ações dos grupos ligados ao Sindicato dos Rodoviários de Campinas para impedir que atitudes como o fechamento de terminais urbanos aconteçam.

Nos dias 28 de outubro e 1º de novembro, grupos ligados ao sindicato agiram para fechar terminais urbanos. 

A decisão menciona a garantia da posse livre, regular e o pleno funcionamento dos terminais urbanos de ônibus e, consequentemente, a manutenção do serviço essencial de transporte coletivo urbano de passageiros até o término das eleições do sindicato dos rodoviários.  

“O intuito foi impedir, com instrumentos legais, estas intervenções, que impactam negativamente na vida dos usuários do transporte público coletivo”, explicou o presidente da Emdec, Vinicius Riverete.  

Mais uma vez, a Emdec afirma que é lamentável que uma situação interna do sindicato da categoria afete o serviço de transporte coletivo, que é essencial para a população.