Mulher que acompanhou menino vítima de maus-tratos conta detalhes do tratamento

     Mulher que acompanhou menino vítima de maus-tratos conta detalhes do tratamento

    O ODC conversou com uma mulher que acompanhou parte do tratamento do menino encontrado dentro de um barril no sábado passado, em Campinas.

    Ela pediu para não ser identificada, e contou que teve a oportunidade de conversar com o garoto.

    “É uma criança muito educada, amorosa, pedia ‘por favor’, agradecia, e se mostrava aliviado por estar em um hospital. Chegou um momento que ele disse que não queria sair do hospital por nada, conversava com a gente. Um menino bem ativo”, disse.

    A moça também disse que o garoto fez um pedido até incomum, que gerou muitas gargalhadas – e muita emoção: ele queria um pastel de frango com requeijão.

    “A equipe médica responsável autorizou que ele comesse o pastel, e fomos comprar. Quando oferecemos para ele, os olhos do menino brilharam de uma forma inacreditável. Mas, inacreditável mesmo foi o que aconteceu na sequência: assim que deu a primeira mordida, ele ofereceu o pastel para quem estava perto dele. Muitos se emocionaram”, lembrou, também se emocionando.


    A mulher que fez o relato ao ODC disse que, após esse contato, teve que sair e não conseguiu mais ver o garoto.

    Relembre o que aconteceu

    Ao ser resgatado do barril, o menino foi levado ao Hospital Ouro Verde, onde ficou três dias internado.

    Depois, foi encaminhado ao Mário Gatti, por causa do leito com melhores condições para tratá-lo.

    Um dia depois, teve alta, apresentando “boa recuperação”

    O menino está em um abrigo da cidade de Campinas aguardando decisão judicial para definir o futuro dele.

    Ele está bem de saúde, sendo acompanhado por equipe de médicos, psicológicos e nutricionistas.

    Outras notícias