Operação do Detran-SP em Campinas não registra infrações

Publicado em:

Realizada no último sábado (16), em Campinas, a ação da Operação Direção Segura Integrada (ODSI) não registrou infrações na cidade. A fiscalização do Detran-SP, que tem o objetivo de reduzir e prevenir os sinistros causados pelo consumo de bebida alcoólica combinado com direção, abordou 21 veículos na Avenida Francisco José de Camargo Andrade. A iniciativa contou com o apoio de equipes das polícias Militar, Civil e Técnico-Científica.

Vale lembrar que tanto dirigir sob efeito de álcool – quando o teste do etilômetro aponta o índice de até 0,33 mg de álcool por litro de ar expelido – quanto recusar-se a soprar o bafômetro são consideradas infrações gravíssimas, segundo os artigos 165 e 165-A do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Em ambos os casos, o valor da multa é de R$ 2.934,70 e o condutor responde a processo de suspensão da carteira de habilitação. Se houver reincidência no período de 12 meses, a pena é aplicada em dobro, ou seja, R$ 5.869,40, além da cassação da CNH.

Nos casos de embriaguez ao volante, que ocorrem quando o motorista apresenta índice a partir de 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido no teste do etilômetro, há configuração de crime de trânsito: se condenado, o motorista, além da multa e suspensão da CNH, cumpre de seis meses a três anos de prisão, conforme prevê a Lei Seca, também conhecida como “tolerância zero”.

Fiscalizações no estado

No último final de semana, 13 operações de ODSIs foram realizadas no Estado, com ações também nos municípios de Birigui, Franca, Marília, Santos, Botucatu, Paraguaçu Paulista, Rio Claro, Mogi das Cruzes, Taubaté, Ribeirão Preto, Osasco e São Paulo.

No total, 7.459 veículos foram abordados, dos quais 255 motoristas foram autuados por alcoolemia, sendo 234 que se recusaram a realizar o teste do bafômetro, 19 autuados por direção sob efeito de álcool (índice de até 0,33 mg de álcool por litro de ar expelido) e dois por crime de trânsito (índice a partir de 0,34 mg de álcool por litro de ar expelido).

Sobre o Detran-SP

O Detran-SP trabalha incessantemente para prevenir sinistros e preservar vidas, com a meta de organizar um trânsito mais seguro e harmonioso entre todos os modais. O órgão segue comprometido em oferecer serviços de excelência aos cidadãos, baseados em valores como respeito, integridade, segurança e eficiência.

Atualmente, está implementando gradualmente a transformação digital para melhorar a qualidade de vida dos paulistas, facilitando o acesso aos serviços públicos. Cerca de 93% dos atendimentos realizados nas unidades do Detran-SP são feitos de forma digital.

Como o maior órgão executivo de trânsito do país, o Departamento de Trânsito Paulista é responsável por 28% da frota brasileira, com mais de 32 milhões de veículos registrados e mais de 27 milhões de motoristas habilitados em todo o estado. Mensalmente, emite aproximadamente 400 mil Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) e 1,2 milhão de Certificados de São José dos Campos e Licenciamento Veicular (CRLVs). Em média, são emitidos mais de 136 mil documentos por dia.

As informações são do Detran-SP.
Leia também:
Linhas 342 e 359 têm alterações nos itinerários a partir de quinta, 21/12

Busque

Linhas de Campinas

Linhas de Paulínia

Linhas de Hortolândia

Linhas de Sumaré