Opinião: Emdec vai errar mais uma vez na ampliação do BRT em Campinas

·

·

·

Tags:

Nesta sexta-feira a cidade de Campinas dá mais um passo na implantação do seu sistema de BRT. Ainda bem mambembe, ou seja, na base do improviso, o sistema terá duas novas linhas diretas e seis alimentadoras, com intervalos ridículos.

Não é a primeira vez que o ODC recomenda a Emdec a fazer justamente o inverso: encher as linhas alimentadoras de ônibus com baixo intervalo para fazer a população se acostumar e ajustar à demanda, mas parece que os “técnicos” vivem parados nos anos 80.

Com intervalos absurdos, as linhas alimentadoras que vão para o Terminal Campos Elíseos desmotiva qualquer um e ainda usa como exemplo algo que pode ser considerada uma exceção, e não um ‘case’ de sucesso, que é o do Terminal Satélite Íris.

Na região eram quase uma dezena de linhas operando, e algumas delas com intervalos sempre altos. Obviamente que com a chegada do BRT à região as alimentadoras, mesmo com intervalos ‘meia-boca’, seriam mais interessantes sobretudo por conta da conexão com linhas perimetrais como as que vão para os shoppings e outros bairros.

Agora, tudo que a Emdec for fazer vai usar o Satélite Íris como parâmetro para o BRT. Esse é um erro que poderá custar a saúde de todo o sistema, simplesmente por falta de pesquisa ou de ouvir a população.

No caso do Terminal Campos Elíseos, as linhas alimentadoras que vão pra lá já estrearão com intervalos muito altos, inclusive tão altos quanto as linhas diretas, ultrapassadas, obsoletas e ineficientes que vão continuar operando com intervalos altíssimos.

O correto seria encher as alimentadoras de ônibus com intervalos muito baixos, e ir ajustando de acordo com a demanda, ou seja, se houvesse bastante passageiros, colocaria mais coletivos. Se a demanda fosse menor, iria retirando e aumentando o intervalo de forma gradual. Estreando o sistema com linhas que vão passar quase de hora em hora, não há nenhuma motivação para isso.

Além disso, o marketing da Emdec parece que deu uma “engrenada” nesta semana, com um aumento no número de anúncios referentes ao novo sistema, mas continuando pecando na falta de informação. Dentre tudo o que saiu desde o começo da semana, não houve nenhum detalhamento sobre as linhas alimentadoras.

Dá até a impressão que a Emdec acredita piamente que as novas linhas alimentadoras já são de conhecimento da população há uns 50 anos, que todos sabem os itinerários de cada uma delas e que com toda a certeza vão pegá-las. Não houve até o presente momento nenhuma publicação do tipo: “Olha, a linha 157 vai sair de tal lugar, vai atender tais ruas e vai até tal ponto”. Simplesmente jogaram de qualquer jeito: TERMINAL VILA UNIÃO X TERMINAL CAMPOS ELÍSEOS, como se a linha fosse direta chegando ao ponto em 5 minutos.

Enquanto a Emdec continuar se comunicando mal com a população e sendo pouco didática, tudo tende a dar errado, como por exemplo no show de linhas que mudaram e dois dias depois acabaram voltando atrás, simplesmente por falta de explicação ou de atenção à população.

Espera-se sinceramente que dê tudo certo, mas com a mão da Emdec em cima, fica difícil acreditar.

Da Redação ODC.
Leia também:
Banco de Ração de Campinas já recebeu 400 casinhas e mais de 10 toneladas de ração