Opinião: “Pseudo-heróis” da cidade viram papagaios em nome de uma vaguinha na Câmara


A sede de reeleição dos atuais vereadores e a vontade absurda de quem está do lado de fora querer entrar e arrumar uma boquinha fácil na Câmara de Campinas está criando algumas das situações mais vexatórias nas redes sociais.

Nos últimos dias, logo depois da virada do ano, uma enxurrada de postagens com conotação claramente política estão aparecendo nas redes sociais, obviamente com o único objetivo de linchar os atuais governos, tanto federal, quanto estadual e municipal. Muitas dessas postagens não tem o menor nexo.

Conforme divulgado ontem pelo ODC em sua coluna diária de opinião, um vereador de Campinas pediu para a prefeitura um estudo para a criação de uma nova linha de ônibus entre o Campo Grande e a cidade de Hortolândia. O nobre vereador ou está muito mal assessorado, ou demonstra desconhecimento de causa.

As linhas que ligam cidades são de responsabilidade da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos, a EMTU, e não da Emdec ou das prefeituras municipais. O vereador deveria ter procurado o Governo do Estado, mas quis empurrar uma bucha para o prefeito que nada pode fazer. Nem se ele quisesse colocar uma linha para Hortolândia ele poderia.

Do outro lado, não param de pipocar videozinhos de ônibus quebrados, veículos avariados ou as pataquadas de sempre sobre o BRT. Curiosamente que a única pessoa que falava desse assunto até dezembro do ano passado era o repórter Wagner Souza, mais conhecido como Barba Azul, até por se tratar do trabalho dele. Mas agora neste ano já apareceu um monte de “famoso o que?” querendo mostrar a mesma coisa. Aí a pessoa para de gravar o ônibus, entra em seu carro de luxo e vai embora, achando que fez alguma grande coisa para angariar votos.

Outros são ainda piores, pois sequer entram em ônibus, fazendo gravações de dentro de seus carros, transitando irregularmente de veículo particular pelas faixas do BRT e distorcendo as informações.

Uma pessoa com o único intuito de obter engajamento em seus vídeos mal feitos se fez de desentendido sobre as paradas baixas entre o Terminal Campo Grande e o Terminal Itajaí. O projeto é assim desde antes da construção, as estações baixas estão prontas há anos mas só nesta semana ele resolveu fazer seus vídeos sem nexo e deturpar a informação para transformar em crítica descabida. Ou ele estava dormindo em berço esplêndido e só acordou agora para descobrir essa fase da obra?

Infelizmente esse tipo de coisa vai continuar a piorar, ainda mais pelas mãos de pessoas que não tem o que fazer o dia inteiro e têm tempo de sobra para distorcer a realidade ao seu favor. No final, vamos ver quem vai querer ser vereador.

Da Redação ODC.
Leia também:
Duas linhas de ônibus mudam de itinerário e outras quatro têm novos horários em Campinas

Conteúdo relacionado

Busque

Linhas de Campinas

Linhas de Paulínia

Linhas de Hortolândia

Linhas de Sumaré