Prédio da Câmara Municipal de Campinas corre risco de desabar e andar inteiro é interditado

 Prédio da Câmara Municipal de Campinas corre risco de desabar e andar inteiro é interditado

Vigas de sustentação do prédio da Câmara Municipal de Campinas estão danificadas e comprometeu a estrutura da edificação, localizada na Avenida da Saudade.


Como precaução, todas as salas que ficam localizadas no terceiro andar do prédio foram interditadas pois podem desabar a qualquer momento. O problema foi identificado por causa de goteiras que sempre atingem o local depois de chuvas.

Durante uma obra de correção para evitar os vazamentos, foram descobertas trincas antigas em três vigas, sem saber em que período isso aconteceu. JJá foi feito um orçamento para essa obra no ano passado, mas a mesma não foi executada.

Será a terceira reforma que a Câmara irá passar. Uma foi feita em 2005 e outra em 2017, onde foram gastos R$ 5 milhões. O presidente da Câmara, Zé Carlos, disse que acionou a Justiça para saber de quem é a responsabilidade.

O prédio da Câmara é antigo e abrigou a sede da CPFL durante muitos anos antes de receber os vereadores, que antes ficavam lotados no térreo do Palácio dos Jequitibás.

Da Redação ODC.
Fonte: G1
Leia também: Governo do Estado quer início das aulas em 1 de fevereiro, e de forma obrigatória

Outras notícias