Prefeito de Campinas assina ordem de serviço para novo sistema de iluminação pública

·

·

·

Tags:

O prefeito Dário Saadi assinou, na tarde desta terça-feira, 7 de março, na Sala Azul do Paço Municipal, a ordem de serviço para início do novo sistema de iluminação pública de Campinas, a ser executado pelo consórcio Conecta Campinas, por meio de Parceria Público-Privada, a PPP da Iluminação Pública, a primeira do município. O consórcio foi selecionado por meio de leilão na Bolsa de Valores, em São Paulo, também o primeiro da Administração Municipal na modalidade.

“Todo o processo foi feito em parceria com o Banco Mundial, a Caixa Econômica Federal e o trabalho dos técnicos da Prefeitura de Campinas, que se dedicaram a formatar esta PPP. Importante ressaltar este histórico. Hoje estamos assinando a ordem de serviço para modernizar a iluminação pública da cidade. A cidade vai ter a iluminação que merece, melhorando a qualidade de vida e a sensação de segurança da população.”, disse o prefeito Dário Saadi.

O consórcio Conecta Campinas, que é formado pelas empresas High Trend Brasil Serviços e Participações Ltda; Green Luce Soluções Energéticas S.A.; Proteres Participações S.A.; e Severo Vilares Projetos e Construções, prestará todos os serviços de iluminação pública como desenvolvimento, modernização, expansão, operação e manutenção da rede de iluminação pública, sob gestão da Secretaria Municipal de Serviços Públicos. O contrato é de 13 anos.

O projeto de implementação do novo sistema de iluminação tem quatro fases, de 0 a 3. A partir de agora tem início a fase 1, que é a transição da rede de iluminação pública ao consórcio. A previsão de investimento, pelo concessionário, é de cerca de R$ 172 milhões. O valor da contraprestação mensal máxima, a ser paga pelo município ao parceiro privado, é de R$ 1,5 milhão.

O secretário de Serviços Públicos, Ernesto Paulella, fez uma apresentação com os detalhes do processo do novo sistema de iluminação pública. “A concessionária agora assume o parque de iluminação da cidade. O consórcio fará a manutenção nas lâmpadas atuais do município, enquanto ocorre a modernização do parque de iluminação pública. Toda a iluminação será modernizada e ampliada, com lâmpadas de LED, em substituição às de vapor de sódio. As LED são mais eficientes, iluminam cerca de cinco vezes mais e consomem menos energia.”, explicou Paulella.

Também será instalada iluminação especial em equipamentos urbanos como praças, parques, monumentos, pontes, viadutos, patrimônios da cidade e faixas de pedestre; sistema de telegestão, para controle remoto dos pontos de luz. Campinas tem, atualmente, cerca de 123 mil pontos de luz. Não haverá custo adicional para a população na contribuição de iluminação pública (CIP).

“Nos próximos meses será possível perceber a mudança na cidade. Com a nova iluminação, Campinas será uma cidade mais segura, mais moderna e mais conectada”, disse o presidente do consórcio Conecta Campinas, Carlos Sanchez.

Também participaram da assinatura os secretários municipais de Chefia de Gabinete, Aderval Fernandes; de Infraestrutura, Carlos José Barreiro; de Cultura e Turismo, Alexandra Caprioli; de Finanças, Aurílio Caiado, adjunta de Administração, Clair de Oliveira; o presidente da CPFL, Roberto Sartori; os vereadores, presidente da Câmara, Luiz Carlos Rossini; Carlinhos Camelô; Jorge Schneider; Edson Ribeiro; e Otto Alejandro.

Atendimento à população

O consórcio fará a manutenção na iluminação pública do município. Em caso de lâmpada apagada, acesa durante o dia ou piscando, a população deve avisar pelo telefone 0800 002 1747.

As informações são da Prefeitura de Campinas.
Leia também:
Mulheres ganham 20% menos que os homens, mostra OIT